in

Receita caseira para dores musculares: O milagre do açafrão!




Anúncios:

Se você costuma praticar exercícios físicos, sabe que haverá aqueles dias que o seu corpo estará cheio de dores. Isso é bem comum, e ocorre por exageros no treino, falta de aquecimento e alongamento ou por pouca prática de atividades físicas.

Quando isso ocorre, você não precisa conviver com a dor e nem procurar por remédios para o seu alívio, saiba que existe uma solução natural para esse problema.

Exatamente, o chá de açafrão é ótimo para o alívio de dores musculares.

Se você quer descobrir como pode se beneficiar da solução natural propiciada pela especiaria, siga com a sua leitura e confira!

Benefícios do açafrão

Basicamente, o açafrão se trata de uma potente especiaria, muito utilizada na culinária, inclusive. A raiz dela possui ótimas propriedades anti-inflamatórias e que possuem uma ação antioxidante.


Anúncios

Utilizando-se uma colher de chá do pó ou mesmo quatro fatias da raiz do condimento todos os dias já é ideal para os benefícios medicinais.

Segundo os especialistas, a especiaria é ótima para prevenir uma série de doenças, como os tipos de câncer, além de ser uma ótima solução para a redução de dores musculares.

Como consumir o açafrão?

Há algumas formas de consumir o açafrão, podendo optar pela raiz fresca, ou seca em pó. Para introduzir no cardápio como tempero, é bom maneirar na quantidade, já que o paladar dele é bem forte.

Pode ser utilizado no preparo do arroz ou o seu pó pode ser consumido no café da manhã junto a um suco, também havendo a opção do consumo fervido junto de outros chás.

Há uma série de receitas que podem ser feitas com o uso do açafrão, e isso não se limita aos pratos salgados. Há também quem use o açafrão no creme brulee, sorvete de pistache com calda e arroz doce.


Anúncios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O nome engraçado que acaba com sua labirintite: ginkgo biloba

Soluções caseiras para sinusite que acabarão com seus problemas! (a terceira é surpreendente)